Blog
Nov 05
folha-no-chc3a3o

O Compasso da Vida

Acordo. Abro os olhos.
Sinto a vida em mim. Sinto toda uma vida à volta de mim.
Sinto a minha respiração. Sinto o pulsar do meu coração.
Observo pela janela as gotas que caem do céu.
Vejo o vento a envolver-se com as folhas das árvores.
Escuto em segredo as conversas dos pássaros. Deixo-me tocar pelos sons das suas melodias.
Sorrio por dentro. Descubro uma gargalhada dentro de mim. Aquela mesma gargalhada que vem ao de cima em tantos outros “dias de chuva”.
A gargalhada que me lembra que tudo está bem.
Que a vida se desdobra em ciclos perfeitos.
Que todos os elementos se completam entre si.
Que a chuva cai, deixando-se levar pelo vento, entregando-se à terra, fluindo… Sendo apenas aquilo que é. Sem questionar a sua natureza. Aceitando todas as fases do seu processo de transformação.
Entrego-me também…
Sinto em mim a força das árvores. Sinto o meu tronco oscilar suavemente ao som do vento.
Sinto as minhas raízes profundas. Sinto tudo aquilo que me fez chegar até aqui…
Deixo o vento levar as folhas que não me servem mais.
Deixo-me banhar pelas gotas da chuva.
Sinto-me mais inteira.
Respiro fundo, sentindo o ar. Deixo-o espalhar-se dentro de mim.
Sigo o fluxo da minha respiração.
Sinto o compasso do meu coração. Escuto em segredo a sua melodia.
Sorrio de novo. Sorrio de alegria.

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *