Blog
Out 05
palavras-do-corac3a7c3a3o_respostas-que-dispensam-perguntas

As Respostas que Dispensam Perguntas

 

Quando procuro respostas, fecho os olhos e procuro encontrar as perguntas…
Quem sou Eu que faz as perguntas?
De onde surgem as perguntas?
O que me leva a perguntar?
Há sempre uma resposta que procura uma pergunta?
Há uma metade que procura a outra?
Há uma tinta preta que procura uma tela branca onde se exprimir?
Há uma noite cheia de estrelas que antecede o despertar da estrela maior que transborda a luz do dia?
Há uma onda que concentra a sua força para levar uma mensagem até à costa?
Há um caminho que aguarda pelos passos do caminhante?
Tantas perguntas…
Tantas respostas…
Tantos caminhos…
Ao longo do nosso caminho, encontramos respostas que dispensam perguntas.
As respostas que surgem do interior, que não precisam ser convidadas.
As palavras sem letras que nascem da fonte da sabedoria.
As músicas sem pauta que vibram a sua melodia.
As pinturas sem quadros que brilham os seus reflexos.
Os sentimentos sem forma, que se exprimem em cada palavra, em cada música, em cada reflexo.
Na essência dos sentimentos, há um Coração que sabe sempre.
Um Coração que não conhece perguntas
E que, ainda assim, sabe todas as respostas.
Sabe que as respostas chegam quando nos permitimos escutar.
Quando permitimos que a poeira da mente assente.
Quando permitimos que a nossa essência se revele.
Quando permitimos que o silêncio nos inunde.
Quando permitimos que a voz do Coração sintonize a vibração que os nossos ouvidos conseguem captar.
Quando sintonizamos o Coração com a Mente, os sons tornam-se mais fortes e nítidos…
São como canções que sabemos de cor sem as termos escutado antes…
São respostas que sempre estiveram lá… que apenas esperavam ser encontradas.

Leave a reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *